terça-feira, 11 de setembro de 2012

Love street




Hoje trauteei à minha filha esta música. Porque me veio à cabeça ; porque felizmente ela pertence ao rol de crianças do mundo,que vive rodeada de amor.
E esmaga-me a alma eu saber que há crianças que pertencem a um outro rol,desconhecendo por completo o que é amor e o que é vida. Tudo o resto é mínimo,quando comparado com o bem-estar dos nossos filhos e eu só posso afirmá-lo convictamente agora,desde que sou mãe. Porque é algo visceral,que se sente desde as mais recônditas partes de nós.
O sol pode não "brilhar" todos os dias,nós próprios enquanto pais,trataremos de lhe incutir isso,isso e mais outros factos inevitáveis e inerentes à existência,mas se há algo que se estipulou desde muito cedo para esta menina é que,é absolutamente fundamental...ela rir todos os dias.
E creio que continuamos no bom caminho.

E a propósito da música,esta também é uma óptima rua para se morar... :)

Sem comentários:

Publicar um comentário