terça-feira, 3 de julho de 2012

Há vida "lá fora"


O Verão abriu esplendorosamente as suas portas. Ainda mal começou e já fomos brindados com vários dias,a temperaturas que ultrapassam os 30 graus.
Não sou fã deste calor que para mim,se torna excessivo,acho que no máximo dos máximos,se ficaria muito bem com uns "singelos" 28 graus. Mas enfim,regozijem-se vocês,os amantes de calor que estão a ler isto,pois afinal de contas,não sou eu que mando na meteorologia e o Verão parece ter-se instalado "à grande".
Como tal,tentamos cá em casa tirar o melhor proveito destes dias,grandes,quentes,luminosos e para isso
os almoços passam a ser feitos lá fora,no jardim; as bebidas frescas são pretexto para tudo e claro,são tomadas no jardim; convidam-se amigos para uma sardinhada ( e se por acaso,as sardinhas estiverem escandalosamente caras,porque está-se na semana dos santos populares,não faz mal nenhum e substituem-se por carapaus) ou "carapauzada",que resulta numa tarde inteira muito bem passada.
O papá da casa vai regar o jardim com a bebé ao colo,só de fralda vestida e no final,lambuzam-se (sim,é mesmo este o termo) com amoras e mirtilos,acabados de apanhar; as cadelas levam mangueiradas e correm
desenfreadas; há pássaros de inúmeras cores (e sons!) que vêm pousar na nossa figueira; os gatos das redondezas passeiam-se pelos muros e telhados...e com isto tudo,só digo : "Olá Verão,apesar de saberes que eu tenho uma grande cumplicidade com os teus parentes antagónicos,ficas também a saber que és muito bem-vindo cá em casa".




Sem comentários:

Publicar um comentário