terça-feira, 1 de novembro de 2016

so far, so good



está tudo bem.
há interregnos que por vezes acontecem sem que para isso existam explicações lógicas.
andei a escrever outras coisas, noutros sítios; andei a fazer muita coisa nos sítios de sempre e em novos sítios também.
não é parar que me sustem, já o referi aqui algumas vezes e neste mês de novembro, aqui este recanto de palavras completa cinco anos. Mais velha estou eu, que no passado domingo vi o tempo a retrair-se em sessenta minutos e a conceder-me mais um ano.
mas está tudo bem. Confesso que tive alguns picos  a roçar o melancólico e a estranhar a velocidade estupidamente alucinante da vida, que de criança feliz entretida com banda-desenhada, lança-me à vertigem dos quarenta anos.
a questão cómica é que ninguém acredita.

e cá para nós, também eu não. :)

sempre revelei um deliberado desprezo pelos algarismos e obviamente que não seria agora o momento ideal para lhes dar valor.

fiz os quarenta, estive feliz, fiz uma festa, esteve um dia de autêntico verão, e continuo feliz, sem uma réstea de calamidade em torno da idade.

como tal, está tudo bem, sim senhor.



  
créditos fotográficos do Vitorino Coragem

Sem comentários:

Publicar um comentário