terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

genial no mínimo



é apaixonante e muitíssimo bem escrito.
foi assim que eu respondi ao rapaz na caixa da loja, enquanto ele registava a minha compra e simultaneamente me perguntava o porquê deste livro, desta autora.
são quatro livros, na realidade.
são duas amigas, cujo enredo as acompanha ao longo da vida.
e que vidas. e que enredo.
daí quatro livros não ser de todo exagerado.
é uma saga daquelas à grande e à italiana e o efeito que surte em mim, é exactamente o efeito que um amante de leitura pretende: pensar no livro, mesmo quando não o está a ler.
estou a acabar o segundo e já estou a pensar no terceiro e se o tempo mo permitisse, com toda a certeza já teria lido todos.
portanto, nos próximos tempos a minha mais certeira recomendação no que a leitura diz respeito, será sem dúvida Elena Ferrante e a saga engenhosamente escrita da "Amiga Genial".
e que genialidade.  

2 comentários:

  1. Ainda me falta o quarto volume. Guardei-o para uma ocasião especial. :)

    ResponderEliminar